quinta-feira, novembro 17, 2005

O mais curto conto alentejano

Era uma vez um gajo e uma gaja que nunca se tinham falado.

Ele: vamos?
Ela: vamos!

E eles foram pôr a conversa em dia.

*Outros contos minimalistas na origem das espécies.

15 Comments:

Blogger Anedotas & Companhia said...

Realmente foi curtissimo, boa abordagem de alguém que quer pôr a conversa em dia.

11/17/2005 11:17 da manhã  
Blogger Adryka said...

pronto ah ah ah. beijokas

11/17/2005 12:23 da tarde  
Blogger Marco Ferreira said...

e é assim que se começa um grande díálogo, com pequenas palavras.

marinheiroaguadoce a navegar

11/17/2005 1:13 da tarde  
Blogger segurademim said...

... aposto que não houve mais nenhuma palavra!!!!! :)

11/17/2005 2:22 da tarde  
Blogger cemremos said...

Por vezes as palavras também não espelham a nossa alma...mas para bom entendedor meio "conto" basta.

11/17/2005 8:32 da tarde  
Blogger legivel said...

... de certeza que isto não é pessoal cá d´aldeia! Coisa assim tão rápida, ná...

... a menos que a esta hora, ainda estejam a pôr a conversa em dia...

11/17/2005 10:32 da tarde  
Blogger mfc said...

Para onde é que foram pôr a conversa em dia??
Mas isso dava um conto muito comprido...

11/17/2005 10:45 da tarde  
Blogger Nocas said...

Se há coisa que gosto é de pôr a conversa em dia! Mas...demoro dias a fazê-lo :P Falo pelos cotovelos (que é sempre uma expressão bonita de se usar!)

11/17/2005 11:07 da tarde  
Blogger Al Mutamid said...

E assim falou Zaratrusta!
Excelente diálogo.
Há que poupar no discurso e gastar nos actos.
Outros gastam na farinha e poupam no farelo.
Está mal.
Um abraço
e agradecer a tua visita e dizer que regressei às lides

11/17/2005 11:15 da tarde  
Blogger Cristina said...

lol...e lá foram eles
:)
beijinhu

11/18/2005 1:23 da manhã  
Blogger UGAJU said...

anedotas&companhia: eles gastaram as palavras noutros temas, e as línguas também!

adryka: joka!

marco ferreira: sabe-se lá onde a conversa foi parar? Imagina que ambos eram alentejanos...

segura de mim: estás segura disso? :)

sem rumo: pode ser visto sob esse prisma, mas também pode ser visto pelo outro. A soma dos dois dá o conto!

legível: nós cá no Alentejo somos gajos de poucas palavras. Tens de contar como é que é na tua aldeia! Aposto que fico agarrado ao conto!

mfc: esse conto não o conto eu! Acho que o meu teclado não tem teclas que cheguem...

nocas: temos de conversar um dia destes e ver qual de nós tem os cotovelos maiores!:P

pato marreco: Embora não tenha contado tudo "It’s not over until the fat lady sings!". Vou voltar ao teu lago, espero que não te tenhas constipado! Bem vindo!

nita4ever: sabe-se lá para onde? Jinhus :)

11/18/2005 5:09 da manhã  
Anonymous kabum said...

E foi tudo dito :p

11/18/2005 12:40 da tarde  
Blogger Eva said...

Quem fala assim de certeza que não é gago... ahahahahahahahaah

11/18/2005 1:48 da tarde  
Blogger Sophie said...

estou a rebentar de rir LOL

11/18/2005 3:52 da tarde  
Blogger UGAJU said...

kabum: tenho dito!

eva: ou gaga! hehehe

anokas: rebenta miúda, rebenta que eu também rebento!

11/18/2005 5:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home