sexta-feira, outubro 21, 2005

No sense

Os gajos da TV Shop passam horas a promover bugigangas para melhorar o físico. Mesas, rodas, tripés, tudo para aperfeiçoar os abdominais e perder peso. Vêem-se milagres só possíveis com a tecnologia de imagem...
O Ilídio é que tem razão: Era muito mais fácil não venderem nada. Não haveria portes de correio nem necessidade de devolução em caso de defeito. Os gajos concentravam-se só em comparar exercícios feitos sem equipamento e os realizados em ginásios com personal trainers. Depois, só enviavam para casa do cliente o folheto com os exercícios. No spot televisivo colocavam uma gaja boazona a fazer uns abdominais no chão. Uma amiga entrava e dizia, “Sem máquina?”, ao que ela responderia, “Sim, mas se reparares eu agora faço os movimentos correctos, coloquei a calcinha mais para cima para não incomodar, vês? E posso fazê-lo com o período! É tão prático que nem preciso de arrumar o equipamento! É tão divertido que posso praticar em qualquer lado e em qualquer momento, basta levar o folheto!”
Tino: folheto é nome de preto, não é?
Ilídio: se não te conhecesse...

_

3 Comments:

Blogger Binoc said...

A vida nunca é perfeita, nem como nós gostaríamos que fosse. Mas enfim, não percamos a esperança.
Abraço.

10/21/2005 1:10 da tarde  
Anonymous lique said...

Coitados! Esforçam-se eles (e elas) tanto para promoverem os "produtos" com aquele sorriso Pepsodent (passe a publicidade) que o tratamento de imagem lhes dá e agora vens dizer para só venderem o folheto... falta de consideração pelo trabalho dos outros! :))
Beijos

10/21/2005 2:56 da tarde  
Blogger UGAJU said...

binoc: a vida é perfeitíssima; repara, o que seria dos pobres de espírito?

lique: ele há folhetos... e folhetos!

10/21/2005 8:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home