sábado, outubro 15, 2005

Com cebo

Sexta-feira é noite d’ir às moças; bem, ir ao pé delas, talvez ficar por perto, com sorte olhar p’ra elas; ok, ok, basta estar no mesmo recinto. A noite prometia porque a vontade era muita. Eu e o Mário fomos ao Covil, boteco do Rubens Siracusa, paulistano até mais não. Da última vez o Mário tomou-se de razões com o porteiro, não fora o brasileiro e a coisa teria ficado preta, bem preta porque o porteiro é um angolano quadrado que se pusesse de quatro faria uma bela cómoda de esquina.

O Mário quando sai faz-se notar, tudo como manda a lei. Menos do que 6 cores nunca; como ele próprio diz, “cabeça, tronco e membros, 2 e 4 são 6, ‘mai’ nada!”. Acho que ele tem uma fixação no arco-íris, pelo menos quando o vejo assim pergunto-lhe sempre, “esteve a chover?”.

A confusão não tardou. O Mantorras mal viu o Mário gritou, “tu não entras!”. O Benetton respondeu de pronto, “Se não entrar chino-te todo, preto d’um cabrão, limpo-te o cebo!”. Ainda não tinha acabado e já o Mantorras o agarrara e num movimento brusco lançou-o ao chão. “Limpas o cebo?” vociferou o negro belzebu. “Com um paninho, com um paninho…”. A corrida que se seguiu não envergonharia a Rosa Mota, sim, porque dois brancos correrem mais do que um preto não é coisa que se veja todos os dias.

_

4 Comments:

Blogger MJM said...

ahahahahahahah
Num estilo inconfundível, sim senhor!
Destes, quero mais.
Nice weekend

10/15/2005 12:33 da tarde  
Blogger UGAJU said...

Inconfundível? Dasse! Quem pensas que sou?? Gaja, já sabes, fds sem gajo não é fds!

10/15/2005 3:58 da tarde  
Blogger Al Mutamid said...

Este "gajo" é mesmo muito melhor que o Bucha e Estica juntos
Com que então limpavas o Mantorras com um paninho!!!!
Y o danado resistia e queria fazer-te num 8.
E depois ainda dizem que não há raxismo na nossa terra.

10/16/2005 11:53 da manhã  
Blogger UGAJU said...

pato marreco: não sou racista, mas com a fome que eu tenho que marchava um arroz de pato... marchava, fosse ele branco ou preto!

10/16/2005 8:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home